Jefferson Bernardes/AFP
Jefferson Bernardes/AFP

Renato Gaúcho e jogadores do Grêmio celebram fim do jejum de 15 anos

Último título do Tricolor havia sido justamente o da Copa do Brasil, em 2001

Estadão Conteúdo

08 de dezembro de 2016 | 00h31

O técnico Renato Gaúcho e os jogadores do Grêmio não esconderam o alívio pelo título da Copa do Brasil que encerrou um jejum de 15 anos sem conquistas pelo time gaúcho. A "fila" acabou com o empate por 1 a 1 com o Atlético Mineiro, na noite desta quarta-feira, na Arena Grêmio. No jogo de ida, os gaúchos haviam vencido por 3 a 1.

"É um título muito importante pelo momento, pelo que a torcida estava passando, há muito tempo sem ganhar um título. Nossa torcida estava com esse grito engasgado na garganta", celebrou o treinador. "Estou feliz por fazer parte desse grupo maravilhoso. É um presente de Natal e de Ano Novo para os torcedores."

Emocionado, o treinador celebrou o fato de estar à frente do time em seu primeiro título conquistado na Arena Grêmio. "Eu não tenho palavras, todo mundo sabe do carinho que tenho pelo clube, que sou gremista. É muito bom comemorar o primeiro título na arena, e depois de 15 anos."

Uma das referências da equipe em campo, o meia Douglas também celebrou o fim do jejum. "Sabíamos da pressão que existia, é o primeiro título na Arena. Que o torcedor possa aproveitar", declarou o jogador.

"É um sentimento único depois de tanto tempo, de tantos adversários. A torcida estava hpa 15 anos sem um título. E, agora no finalzinho do ano, conseguimos essa conquista. A torcida merece, tira lá esse grito de 'o campeão voltou' da garganta", festejou o goleiro Marcelo Grohe.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.