Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Renato Gaúcho elogia atuação do Grêmio contra o Bahia e valoriza vitória

"O mais importante foi ganhar os três pontos. Foi abaixo daquelas maravilhosas, mas a atuação do Grêmio me agradou"

Estadão Conteúdo

04 Junho 2018 | 08h10

O Grêmio venceu o Bahia por 2 a 0 neste domingo, na Fonte Nova, em Salvador, com um desempenho que satisfez ao técnico Renato Gaúcho. Se não deu espetáculo como em outras partidas desde que o treinador assumiu o comando da equipe, o resultado positivo pelo Campeonato Brasileiro foi o suficiente para o comandante.

+ Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

"O mais importante foi ganhar os três pontos. Foi abaixo daquelas maravilhosas, mas a atuação do Grêmio me agradou", resumiu Renato Gaúcho, que lembrou das dificuldades que vem tendo para escalar a equipe, que neste domingo não contou com Luan, Arthur, Madson, Léo Moura e Pedro Geromel.

"Lógico que a gente não tem um time que não vá falhar durante os 90 minutos. A gente muda sempre de três a cinco jogadores, então o entrosamento não é o mesmo. O mais importante de tudo é que o Grêmio criou novamente e aproveitou as oportunidades. A gente criou em alguns jogos e não aproveitou as chances, aconteceu isso contra o Fluminense", afirmou o técnico, em referência ao empate em casa por 0 a 0 com o time carioca, no compromisso anterior.

Os pontos conquistados em Salvador foram ainda mais comemorados porque a equipe vai fazer na Arena Grêmio duas das três partidas restantes antes da paralisação para a Copa do Mundo. "Não é fácil vir aqui em Salvador e jogar contra o Bahia, que vive uma situação complicada na tabela, e nós vencemos mais uma vez como visitantes. Faltam mais três jogos antes da parada, dois dentro de casa, para que a gente possa continuar pontuando e seguir naquele pelotão lá da frente", analisou Renato Gaúcho.

Com 16 pontos na tabela, quatro a menos do que o Flamengo, que lidera o Brasileirão, o Grêmio vai receber o Palmeiras nesta quarta-feira, na Arena Grêmio, em Porto Alegre. Em seguida, voltará a jogar em casa, no domingo, contra o América-MG, e vai fazer contra o Sport a última partida antes da parada, na Ilha do Retiro, no Recife.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.