Renato Gaúcho esquenta clássico entre Fluminense e Vasco

O clássico entre Fluminense e Vasco, neste sábado, às 18h10, no Maracanã, ganhou um ingrediente inusitado. É o técnico Renato Gaúcho, que ficou no meio de uma disputa entre os dois rivais: comandante do time vascaíno, ele está sendo assediado pela diretoria do Flu.O Fluminense chegou a negociar com o treinador, mas não houve acordo por diferença salarial: ele pediu R$ 250 mil mensais, enquanto o clube ofereceu R$ 120 mil. A diretoria do Vasco criticou a atitude do rival e não poupou nem Renato Gaúcho.O episódio deixou no ar dúvidas de como vai ser o comportamento das duas torcidas com Renato Gaúcho durante o jogo, que vai servir apenas para definir a posição do Vasco no Grupo B da Taça Guanabara - o Fluminense já está eliminado.O Vasco está com nove pontos, um atrás do líder América, que joga em casa com o Friburguense também neste sábado. Só os dois primeiros colocados do grupo se classificam para a semifinal da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca.Apesar de ainda não estar garantido, o Vasco está praticamente classificado. Afinal, só perderia a vaga se fosse derrotado, o Friburguense vencesse o América e a soma dos dois resultados equivalesse a pelo menos 11 gols de diferença.?Os torcedores do Vasco sabem que podem confiar na comissão técnica e vamos precisar do apoio deles?, disse Renato Gaúcho, cujo desgaste com o clube ficou evidente. Ele vai deixar Romário entre os reservas. Mas o atacante, a dez gols da marca do milésimo na carreira, deve entrar no decorrer da partida.No Fluminense, o técnico interino Vinicius Eutrópio não quis falar sobre o assédio do clube a Renato Gaúcho. Ele ressaltou que sua função é passageira. Entre amigos, porém, manifestou a intenção de vencer bem o clássico e prolongar sua permanência como treinador do time.O Fluminense vai levar a campo a mesma equipe que derrotou a Adesg, do Acre, na quarta-feira, pela Copa do Brasil.Ficha técnica:Vasco x FluminenseVasco - Cássio; Thiago Maciel, Fábio Braz, Jorge Luiz e Diego; Ives, Amaral, Abedi e Morais; André Dias e Leandro Amaral. Técnico: Renato Gaúcho.Fluminense - Ricardo Berna; Carlinhos, Thiago Silva, Roger e Ivan; Fabinho, Arouca, Cícero e Carlos Alberto; Alex Dias e Soares. Técnico: Vinícius Eutrópio.Árbitro - Gutemberg de Paula Fonseca. Horário - 18h10. Local - Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.