Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Renato Gaúcho exalta vitória sobre São Paulo e mostra ansiedade por Libertadores

Segundo técnico, equipe vai brigar forte pelo segundo lugar no Brasileirão

Estadão Conteúdo

16 Novembro 2017 | 08h58

O técnico do Grêmio, Renato Gaúcho, exaltou o comportamento dos seus comandados - um time misto - em campo na vitória por 1 a 0 sobre o São Paulo, nesta quarta, em Porto Alegre, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, que manteve o time tricolor na vice-liderança do torneio, agora com 61 pontos.

+ Apático, São Paulo perde para o Grêmio em Porto Alegre

+ Grêmio anuncia renovação de contrato com Luan até dezembro de 2020

Renato destacou a importância do resultado para a garantia da equipe entre os melhores do Nacional, já assegurada matematicamente. O treinador revelou também a ansiedade no grupo gremista devido à proximidade da primeira partida da final da Copa Libertadores contra o Lanús - os gaúchos iniciam a decisão na Arena Grêmio, na próxima quarta, às 21h45.

"Nunca é 100%. Gostei do primeiro tempo, o Grêmio dominou totalmente. No segundo, o São Paulo saiu mais um pouco para o jogo, criou duas ou três oportunidades. Mas o mais importante é uma vitória, já que estamos com a proximidade da vaga no G4. Que chegue logo o dia 22 (primeiro jogo da final da Libertadores). De repente, o jogador entra, pensa na final, não quer se machucar. Mas todo mundo saiu bem hoje. Vamos pensar bem na base da equipe para a próxima quarta", projetou o técnico gremista.

Apesar da expectativa por lutar pelo terceiro título da Libertadores (o Grêmio venceu também em 1983 e 1995), Renato garante que o grupo segue estimulado para terminar o Brasileirão na melhor colocação possível. Até porque a premiação para o vice-campeão (R$ 11,3 milhões) poderá gerar um "dinheiro extra" no bolso dos atletas neste final de ano.

"Falei que o primeiro objetivo era conseguir uma vaga direta para a Libertadores. Era o mínimo. Não vou ficar satisfeito só pela vaga. Vamos brigar por mais. Vamos brigar pelo segundo lugar, porque tem a premiação também. Infelizmente, vamos jogar com outra equipe no domingo porque somos obrigados. Mas vamos brigar por algo maior no Campeonato Brasileiro", finalizou Renato Gaúcho.

O Grêmio volta a campo pelo Brasileirão no próximo domingo para enfrentar o Santos, na Vila Belmiro, às 19 horas, pela 36.ª e antepenúltima rodada do campeonato. A partida contra o time santista será a última antes do início da decisão da Libertadores contra os argentinos do Lanús.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.