Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Renato Gaúcho minimiza vantagem do Grêmio após 3 a 0: 'Ainda não é 100%'

Técnico destaca grande atuação de Arthur, que voltou recentemente de lesão e fez mais um gol

Estadão Conteúdo

26 de março de 2018 | 10h42

O técnico Renato Gaúcho foi protocolar em sua entrevista após a vitória por 3 a 0 sobre o Avenida, fora de casa, domingo, no jogo de ida da semifinal do Campeonato Gaúcho. Apesar da enorme vantagem para o jogo de volta, ele afirmou que é cedo ainda para pensar na decisão do torneio.

+ Grêmio encerra novela e confirma a contratação do atacante André, do Sport

+ Geromel fala sobre disputa na seleção: 'É a dor de cabeça que o técnico gosta de ter'

"Temos larga vantagem, mas ainda não é 100%. Precisamos garantir classificação para antes de ir à final. Só aí vamos poder pensar nos outros 180 minutos. Essa vantagem é o importante. Tenho falado sobre a importância de respeitar o adversário e buscar os resultados. No momento, o objetivo é a classificação, depois o título", afirmou o treinador.

Sobre a partida, Renato destacou a boa atuação do volante Arthur, que voltou recentemente de lesão e corre contra o tempo até por uma vaga à Copa do Mundo. O jogador marcou o terceiro gol e demonstrou já ter readquirido ritmo de jogo. No duelo de ida contra o Internacional, ele também marcou um dos gols no 3 a 0.

"O Arthur voltou bem, fazendo gol de novo. Enxergo o Arthur como sempre enxerguei. O Arthur faz muito bem a entrada na área. É importante isso. Se junta aos atacantes. A tendência é o Arthur recuperar a condição física, a condição técnica. Vai crescer ainda mais", informou.

A partida de volta contra o Avenida está marcada para a próxima quarta-feira, às 21h45, na Arena Grêmio. O time tricolor pode perder por até dois gols de diferença que garante a vaga para a final. Se o placar do jogo de ida se repetir, a decisão vai para os pênaltis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.