Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Renato Gaúcho será submetido a cirurgia cardíaca em Porto Alegre

Procedimento do técnico do Grêmio será neste sábado, no Hospital Moinhos de Vento

Redação, Estadão Conteúdo

04 Janeiro 2019 | 18h17

Renato Gaúcho será submetido a uma cirurgia cardíaca neste sábado, às 7 horas, no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre. O técnico do Grêmio sofre de uma arritmia cardíaca, que é uma alteração de ritmo das batidas do coração. O anúncio foi feito por Paulo Rabalo, médico do clube gaúcho, que vai acompanhar a operação. A responsabilidade será da equipe do médico Leandro Zimmermann.

Segundo Rabalo, Renato deverá ficar dois dias hospitalizado e voltará às atividades normais em uma semana. "Trata-se de um procedimento médio. Todo procedimento que envolve o coração tem de ter alguns cuidados. Existem algumas complicações, mas ele está em excelentes mãos e muito bem cuidado. Acreditamos que vai dar tudo certo", disse, em entrevista coletiva no CT Luiz Carvalho.

Rabalo também informou que Renato tem este problema diagnosticado há quatro anos. "Tínhamos programado para fazer (cirurgia) no fim da temporada, mas ele (Renato) apresentou gripe. Achamos melhor, junto com a equipe do doutor Leandro, fazer no início da temporada."

No último dia 27, Renato, de 56 anos, participou do Jogo das Estrelas, no Maracanã, organizado por Zico. Na quinta-feira, o treinador esteve presente na reapresentação da equipe para o início dos treinamentos.

A sua ausência não terá grandes efeitos na rotina da pré-temporada do Grêmio, pois os trabalhos são na sua maior parte físicos neste começo de ano. A estreia do Grêmio no Campeonato Gaúcho será diante do Novo Hamburgo, em 20 de janeiro, no estádio do Vale. A equipe vai atuar com uma formação reserva.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Renato GaúchoGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.