Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Renato Gaúcho valoriza ponto do Grêmio fora antes de parada do Brasileirão

Técnico diz que está satisfeito com primeiro semestre realizado pela equipe gaúcha

Estadão Conteúdo

14 Junho 2018 | 06h34

Não foi o resultado que a torcida do Grêmio esperava. Tentando se aproximar dos líderes do Brasileirão antes da parada do campeonato para a Copa do Mundo, o time gaúcho ficou no empate por 0 a 0 com o Sport, na noite desta quarta-feira, na Ilha do Retiro, no Recife. O técnico Renato Gaúcho, no entanto, se mostrou satisfeito com o resultado.

+ Conmebol divulga calendário e Grêmio abrirá oitavas da Libertadores

"Conquistamos um ponto importantíssimo. Pelo que a gente fez em campo, não é fácil vir enfrentar o Sport na casa deles, brigando pelo pelotão da frente, sem cinco ou seis titulares", avaliou o treinador, satisfeito também com a quinta colocação na tabela, na beira do G-4.

"O Grêmio se encontra no momento em quinto, pode perder só mais uma posição, acredito que até a folga, o Grêmio esteve perfeito. Conquistou dois títulos, conseguiu o que eu tinha pedido de classificar na Copa do Brasil, classificou na Libertadores, sendo a segunda melhor campanha, e pedi para o Grêmio classificar neste pelotão da frente até a folga", comentou.

Em uma avaliação desta primeira parte do Brasileirão, Renato Gaúcho só teve elogios para o seu time. "O Grêmio termina com a melhor defesa, mesmo com todos os problemas, e um dos melhores ataques. Estão todos de parabéns. Até hoje o meu grupo esteve perfeito. Melhor que isso, quase impossível."

Para o técnico, o Grêmio só não está em posição melhor no campeonato por causa do desgaste físico e das contusões. "Devido aos problemas de lesões, viagens, desgaste. Não tenho do que me queixar. Dei parabéns, vão curtir a folga merecida", declarou.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.