Renato já sente à vontade no Flamengo

Cinco temporadas no Corinthians, onde a pressão por vitórias se assemelha a do Flamengo, deu ao meia Renato a tranqüilidade necessária para não se intimidar e manter seu rendimento em campo, o que ficou provado em seu primeiro clássico, domingo, durante o empate contra o Botafogo, por 2 a 2, pelo Campeonato Carioca. Diante de um Maracanã com mais de 65 mil torcedores, o jogador foi eleito o melhor do time rubro-negro em campo - marcou um gol e participou do outro."Estou feliz no Flamengo, não senti o peso da camisa", afirmou Renato, ciente de que foi bem nos primeiros jogos no novo clube, mas ainda pode melhorar. Para se adaptar mais rapidamente ao Rio, ele trouxe a esposa Karen e a filha Karina, de dois anos. Indicado pelo técnico do Flamengo, Cuca, Renato não vinha tendo oportunidades no time milionário do Corinthians. Encontrou na Gávea uma recepção "generosa" do elenco e a certeza de que se tornaria titular em um curto espaço de tempo, diante da carência de craques no elenco rubro-negro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.