Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Renato lamenta chances perdidas e admite Santos pressionado a voltar a vencer

Alvinegro chega ao quarto jogo seguido sem vitória com derrota para o São Bento

Estadão Conteúdo

11 Março 2018 | 21h42

A derrota do Santos para o São Bento por 3 a 1, neste domingo, na Vila Belmiro, não teve grande peso para a classificação final da primeira fase do Campeonato Paulista, afinal, o time já estava classificado às quartas de final e passou em primeiro lugar no Grupo D, pois o Botafogo, que o ameaçava, perdeu para o Corinthians, em Ribeirão Preto. Mas o volante Renato admitiu que o time está pressionado.

+ TEMPO REAL - Confira os lances da partida

O Santos completou o quarto jogo seguido sem vitória e terá que reagir na quinta-feira, quando vai receber o uruguaio Nacional, no Pacaembu, pela Copa Libertadores, ainda mais que perdeu na estreia na competição para o peruano Real Garcilaso. "É um jogo importante, por outra competição e temos de vencer", disse o veterano.

Para dar um descanso aos titulares, o Santos atuou apenas com os reservas e acabou sendo batido. Renato avaliou que faltou entrosamento aos suplentes, mas elogiou a postura da equipe escalada pelo técnico Jair Ventura. "Pesa, mas não faltou luta. A gente não aproveitou as oportunidades", lamentou.

Na avaliação de Renato, o Santos sofreu com as várias chances de gol perdidas diante do São Bento, que sacramentou a sua vitória com um gol marcado nos acréscimos do segundo tempo na Vila Belmiro. "Sabíamos que era um jogo difícil, que, do outro lado, eles vinham sem compromisso nenhum. Tivemos oportunidades, mas não conseguimos concretizá-las", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.