Renato minimiza revés e diz que Grêmio lutará até o fim

A derrota para o Fluminense por 2 a 0 encerrou uma invencibilidade de nove partidas do Grêmio no Campeonato Brasileiro, mas não desanimou o técnico Renato Gaúcho. Para ele, a equipe segue na luta por uma vaga na próxima edição da Libertadores. Assim, prometeu que o time vai brigar por esse objetivo até o final da competição.

AE, Agência Estado

29 de outubro de 2010 | 10h17

Com o resultado da partida, o Grêmio caiu para o nono lugar no Brasileirão, com 47 pontos. "A luz no final do túnel ainda está acesa. Faltam seis jogos, nós vamos lutar até o final", afirmou Renato, que buscará uma reação diante do Goiás, na próxima quarta-feira, em Goiânia.

Renato reconheceu que o Grêmio teve um começo ruim de partida, mas avaliou que o time poderia ter conseguido um resultado melhor, já que perdeu muitas oportunidades. "O time não jogou no início do jogo como vinha jogando. Na metade do tempo começou a reagir, assim como no segundo tempo. Nós poderíamos ter empatado. O Grêmio criou, mas a bola não entrou", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.