Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Renato pede que derrota sirva de lição ao Grêmio para encarar o River

Treinador admitiu insatisfação com o revés diante do Sport em casa por 4 a 3 neste sábado

Estadão Conteúdo

28 Outubro 2018 | 09h30

O técnico Renato Gaúcho não ficou nada satisfeito com a postura e o desempenho de seus comandados na derrota do Grêmio para o Sport, no último sábado, em plena Arena. A queda por 4 a 3, pelo Brasileirão, ainda que tenha acontecido com o time reserva, serviu de alerta para o duelo decisivo das semifinais da Libertadores contra o River Plate, terça-feira, também em Porto Alegre.

"Tem que estar ligadíssimo o tempo todo, porque qualquer descuido pode ser fatal. Até nos treinamentos, para colocar na cabeça exatamente o que deve ser feito dentro do campo. E sabemos que esses erros podem ser fatais na terça", declarou o treinador.

O Grêmio entra em campo diante do River com favoritismo, afinal, derrotou o adversário por 1 a 0 na Argentina e pode até empatar em casa que voltará à decisão da Libertadores. E para impedir que os erros de domingo se repitam na terça, Renato prometeu uma conversa séria com seus comandados.

"É um papo que tenho com o grupo. Não vou ficar aqui expondo A, B ou C. Eu acerto nas conversa e no vídeo. Não tem equipe perfeita. A falha vem de você estar desfocado. Não estivemos focados em determinados momentos da partida. Até o juiz apitar o final, as coisas acontecem. Pagamos o preço por isso. Jogador é pago para isso. É o ganha-pão dele. Se houver erros, infelizmente o grupo todo vai pagar", comentou.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.