Renato ressalta importância da liderança para Botafogo

O Botafogo depende apenas de um empate com o Macaé no sábado, pela última rodada da fase de classificação, para ficar com uma das duas vagas do Grupo A nas semifinais da Taça Guanabara. Mas o volante Renato ressaltou nesta quarta-feira a importância de conseguir a liderança da chave - para isso, o time precisa ganhar e torcer por empate no duelo entre Resende e Flamengo, que estão com os mesmos 12 pontos somados.

AE, Agência Estado

15 de fevereiro de 2012 | 17h40

"A gente respeita o Macaé, mas queremos a vitória e o primeiro lugar do grupo. Sabemos que eles não têm mais chances (de classificação), mas querem ir bem contra os grandes. Os jogadores de equipes menores querem seu espaço em grandes clubes, por isso, jogam a partida de suas vidas em jogos como esse", afirmou Renato, um dos líderes do elenco botafoguense.

Mesmo com a possibilidade do técnico Oswaldo de Oliveira poupar os jogadores que estão "pendurados" com dois cartões amarelos, Renato aposta num Botafogo forte diante do Macaé. "Temos que manter a pegada da marcação independente de quem jogar", avisou o volante. "Todo mundo quer jogar, mostrar condições de ser titular. Com isso, quem ganha é o Botafogo. A gente sabe que todos estão se empenhando e a gente espera que, quando tenham oportunidade, possam entrar bem."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.