Arquivo/AE
Arquivo/AE

Renato Silva pede cuidado com ex-companheiro Obina

'Ele é um atacante muito chato de se jogar contra, pois segura demais', explica o são-paulino

AE, Agencia Estado

27 de agosto de 2009 | 19h12

Acostumado a jogar ao lado de Obina quando atuava no Flamengo, o zagueiro Renato Silva disse nesta quinta-feira que já sabe o que terá pela frente quando entrar em campo no domingo, no Morumbi, para o clássico entre São Paulo e Palmeiras.

 

Veja também:

linkWashington aposta em força do conjunto do grupo

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

 

"O Obina é um atacante muito chato de se jogar contra, ele segura demais, protege a bola usando o corpo. Temos que tomar muito cuidado com ele", alertou o zagueiro do São Paulo, com base na experiência de jogar por dois anos com o atacante adversário no Rio de Janeiro.

 

Apesar da rivalidade natural por causa do clássico, o zagueiro disse que mantém a amizade fora dos gramados com o agora jogador do Palmeiras. "Éramos companheiros de quarto no Flamengo, fizemos uma grande amizade que levamos até hoje. O Obina merece tudo o que tem, é um cara simples e de muito bom caráter", elogiou Renato Silva.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.