Renato tenta dar ânimo ao Vasco

Há seis jogos sem vencer e em crise, o Vasco enfrenta na quarta-feira o Figueirense, em São Januário, para cumprir a decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), que anulou o confronto anterior - vitória carioca por 2 a 1 - por causa do escândalo da arbitragem. O técnico vascaíno Renato Gaúcho tem procurado elevar o ânimo dos jogadores, mas após a derrota par ao Goiás, no sábado, por 4 a 3, a tensão no clube aumentou. "Só nos resta vencer. Todos os que estavam atrás da gente têm vencido e estamos ameaçados", destacou o técnico do Vasco, que está na 18ª posição da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, com 32 pontos. "É claro que estou chateado por não vencer. Mas os gols têm saído, o que nos falta é corrigir a defesa."

Agencia Estado,

09 de outubro de 2005 | 20h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.