Renato viaja com Branco em busca de reforços no Fluminense

Já classificado para a Libertadores, o clube quer melhorar seu plantel para a competição internacional

10 de outubro de 2007 | 19h30

O Fluminense parece mesmo mais preocupado com 2008 do que com 2007. Às vésperas da partida de sábado contra o líder São Paulo, no Maracanã, o técnico Renato Gaúcho abandonou o posto de treinador para acompanhar o coordenador de Futebol, Branco, em "viagem de caráter profissional", segundo informou a assessoria de imprensa do clube. O objetivo seria acertar contratações para o ano que vem, no qual o Fluminense disputará a Taça Libertadores da América. Um dos objetos de cobiça é o meia uruguaio Acosta, que se destaca no Náutico com 15 gols marcados, três a menos que o artilheiro do Brasileiro, Josiel, do Paraná. Para o jogo contra o São Paulo, Júnior César, suspenso, dará lugar a Ivan na lateral esquerda. A única dúvida de Renato Gaúcho está no meio. Ele ainda não se decidiu se utilizará Romeu, que jogou na vitória sobre o Flamengo, ou recolocará David no time titular. O Fluminense é sexto colocado no Brasileirão, com 47 pontos. Já assegurou a vaga na Libertadores em 2008 por ter ganhado a Copa do Brasil neste ano.

Tudo o que sabemos sobre:
Fluminense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.