René atribui cãibras de jogadores a fator emocional

O técnico René Simões atribuiu a fatores emocionais as cãibras dos jogadores do Fluminense na vitória por 3 a 0 sobre o Palmeiras, o sábado, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Fabinho e Arouca tiveram de ser substituídos devido a problemas físicos."O que aconteceu com os jogadores é que eles estão vindo de um estresse muito grande. Por isso, eles sentiram cãibra. A parte emocional pesa. Não dá para creditar isso ao trabalho atual, muito menos ao anterior", disse o treinador.Apesar das cãibras dos atletas, o Fluminense conseguiu deixar a zona de rebaixamento do Brasileirão. A equipe agora soma 34 pontos e ocupa a 14ª posição, dois pontos à frente da Portuguesa, 17ª e primeira entre as equipes que cairiam para a Série B.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.