Renê Simões desiste de se aposentar e será técnico do Macaé no Carioca

Treinador estava comentando jogos em seu canal de vídeos nas redes sociais

Estadão Conteúdo

29 de dezembro de 2016 | 19h20

Aos 64 anos, Renê Simões desistiu da ideia de se aposentar, pelo menos por enquanto. Nesta quinta-feira, o treinador foi anunciado pelo Macaé e comandará o clube na disputa do Campeonato Carioca. Renê passou toda a temporada 2016 desempregado e não trabalhava desde que treinou o Figueirense em 2015.

"Amigos, tenho uma ótima notícia! Aceitei o convite da direção do Macaé Esporte Futebol Clube para dirigir a equipe principal no Campeonato Carioca de 2017. Vamos trabalhar duro para que venham muitas vitórias ao 'Leão Alvianil Praiano'!", postou Renê no Facebook.

Sem clube, Renê vinha se dedicando ao seu canal no Youtube, onde "conta histórias da carreira, fala sobre futebol, conta histórias engraçadas e curiosidades", pelo que explica a descrição do canal. Em quatro meses, ganhou apenas 250 seguidores.

O treinador trabalhou em diversos times brasileiros e do futebol árabe antes de fazer fama como o técnico que levou a Jamaica à Copa do Mundo de 1998. O reconhecimento na América Central ainda o permitiu trabalhar nas seleções de Trinidad & Tobago, Honduras e Costa Rica.

Em 2004, comandou a seleção brasileira feminina, ganhando a medalha de prata em Atenas. Ele chegou a se afastar da beira do campo para trabalhar como coordenador das categorias de base do São Paulo e pera ser diretor-executivo do Vasco. No retorno ao posto de treinador, comandou Botafogo e Figueirense em 2015.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.