Rennes quer Luís Fabiano de volta

O São Paulo inicia processo de desmanche. O presidente Paulo Amaral implantou a filosofia de apenas reforçar o time com jogadores emprestados. No início deu certo, mas agora, sem dinheiro nos cofres, começa a perder atletas importantes. O atacante Luís Fabiano já está de malas prontas para retornar ao Rennes, da França. "Não existe mais a possibilidade de o jogador ser emprestado. O Rennes quer os US$ 4 milhões ou o atleta de volta", garantiu o empresário do atacante, José Fuentes, que retorna na noite desta quinta-feira da França, depois de um mês de negociações."Vou comunicar a decisão aos dirigentes do São Paulo, mas o certo é que o Luís embarca para a França no início de janeiro", afirmou o empresário.Luís Fabiano está em evidência no futebol europeu e não deve atuar pelo Rennes. "Três ou quatro clubes estão interessados no Luís e ele deve jogar por outro time, mas da Europa", garante José Fuentes.Outra preocupação da diretoria são-paulina é em relação a Emerson. A Lusa não aceita novo empréstimo - quer US$ 5 milhões para negociar o zagueiro e estuda uma troca. Além de Fabiano, que já está defendendo a Portuguesa, outros dois jogadores seriam envolvidos em uma negociação. "Estou satisfeito no São Paulo", disse o volante Alexandre, demonstrando insatisfação por ter sido oferecido ao time do Canindé.Reginaldo Araújo é outro que deve sair, já que a negociação com Rafael, do Guarani, está praticamente definida. Mesmo porque, o passe do lateral custa R$ 1 milhão, valor considerado muito alto pelo São Paulo para um reserva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.