Renovado, Olimpia estréia na Libertadores

Com um time renovado por força das circunstâncias ? perdeu jogadores importantes como o goleiro Tavarelli, que foi para o Grêmio; o meia Alvarenga, transferido para o Libertad; e o jovem meia Diego Figueredo, que trocou nove meses de atraso nos salários por um contrato com o Valladolid espanhol ?, o Olimpia estréia amanhã na Libertadores, recebendo o Rosario Central argentino. As duas equipes estão no Grupo 9, que também está o brasileiro Coritiba e o peruano Sporting Cristal, que se enfrentam no dia 10. Apesar dos problemas, os paraguaios estão confiantes. ?O Olimpia, como sempre, vai entrar na competição para ganhar?, disse o técnico Luis Cubilla. A equipe já venceu a Libertadores três vezes (1979, 1990 e 2002). Rosario também mudou bastante o time e vai tentar ao menos fazer uma participação digna na Libertadores. Mas será difícil. Amanhã, terá a estréia do volante chileno Acuña, que não demonstra confiança. ?Venho de um outro país, de um outro estilo de praticar futebol e não jogo há três meses.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.