Repetição de erros defensivos preocupam são-paulinos

Se ofensivamente o São Paulo cumpriu bom papel contra o Vitória na vitória por 3 a 1 no último domingo, o sistema defensivo mais uma vez passou por apuros quando pressionado e voltou a mostrar muitas falhas de posicionamento. O gol dos baianos, por sinal, saiu em um erro de Denilson, que não acompanhou os demais na linha de impedimento e deixou Kadu em condições para descontar.

FERNANDO FARO, Estadão Conteúdo

11 de agosto de 2014 | 19h04

Se Muricy Ramalho demonstrou irritação após a partida com os questionamentos sobre os erros, Souza foi mais sereno e concordou que o time continua apresentando falhas defensivas.

"(O lance do gol) foi falha de comunicação nossa. Não nos resta opção a não ser treinar, na hora do jogo precisamos estar mais ligados e trabalhar em cima disso para não sermos surpreendidos. Não damos muitas oportunidades de finalização, mas eles têm visto uma forma de chegar ao nosso gol. Para isso, só trabalhando, e muito, para corrigir", analisou Souza.

Souza também indicou que a falta de entrosamento do time não pode mais ser utilizada como pretexto para explicar eventuais erros. O volante lembrou que metade da temporada já se passou e que é preciso encontrar uma forma de minimizar falhas.

"Já estamos no segundo semestre. Claro que o Toloi voltou agora e vinha de uma outra cultura, mas estava conosco no começo do ano. O Kaká vem de uma outra realidade também, mas os dois vêm mostrando um grande futebol e já estão nos ajudando muito", explicou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCSouza

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.