Divulgação
Divulgação

Réplica da Taça da Copa do Mundo pega fogo na cidade de Teresópolis

Objeto fazia parte da decoração da cidade que vai abrigar a seleção brasileira durante a Copa

Thaise Constâncio, O Estado de S. Paulo

20 de maio de 2014 | 11h44

RIO - Uma réplica da taça da Copa do Mundo com 6 metros de altura foi queimada na madrugada desta terça-feira, 20, em Teresópolis, cidade da Região Serrana. A obra foi instalada na Avenida Feliciano Sodré, no último dia 19 como parte da decoração de toda a cidade para o Mundial. As causas do incêndio ainda não foram informadas pela Polícia Militar.

A réplica foi criada pelos artistas plásticos Bruno Wallardan e Igor Miller, moradores da cidade. A obra, feita de fibra de vidro e estrutura metálica, pesa cerca de 300 kg. Na próxima segunda-feira, 26, a Seleção Brasileira chega à Granja Comary como parte da concentração para os jogos.

Por meio de nota, o prefeito de Teresópolis, Arlei de Oliveira Rosa (PMDB), garantiu que o “ato de vandalismo” não ficará impune e que a obra será reconstruída. “Respeitamos os questionamentos feitos nas redes sociais por conta da confecção da taça, inspirada na peça original do Mundial, mas não podemos deixar passar em branco o desrespeito aos artistas que trabalharam duro durante dias para a construção dessa homenagem ao evento, à população de Teresópolis e a todas as 32 seleções que estão chegando ao Brasil para um dos maiores eventos esportivos mundiais”, diz a nota.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.