Repórter é agredido no vestiário

Além da tristeza pela derrota por 4 a 2 para o Corinthians e a conseqüente eliminação do Campeonato Paulista, o clima de vestiário do Palmeiras após a partida foi agravado por uma confusão. Um segurança contratado pelo clube agrediu o jornalista Osmar Garrafa, da TV Gazeta, com um soco quando o treinador Jair Picerni se preparava para dar uma entrevista. O diretor de futebol do clube, Márcio Gianini, disse não conhecer o segurança, que estava ao lado do treinador durante as entrevistas no vestiário. E prometeu apurar o fato e tomar providências. O assessor de imprensa do clube, Márcio Trevisan, afirmou que o agressor estava fazendo um trabalho ´´esporádico de segurança´´ para o Palmeiras. As informações são da GloboNews.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.