República Checa recebe garantias e jogará no Japão

A República Checa vai viajar ao Japão para disputar a Copa Kirin depois de receber uma garantia de que a crise nuclear desencadeada após a ocorrência de um terremoto não representa qualquer risco para os jogadores.

AE-AP, Agência Estado

26 de abril de 2011 | 11h27

A República Checa vai enfrentar o Peru em 4 de junho em Matsumoto antes de medir forças com o Japão no dia 7, em Yokohama. "Não há nenhuma razão para se retirar do torneio", disse o técnico da seleção Vladimir Smicer, após consultar as autoridades checas e japonesas.

Dana Drabova, o chefe da Secretaria de Estado de Segurança Nuclear, disse que a usina nuclear de Fukushima fica muito longe dos locais dos jogos - cerca de 280 quilômetros - e, por isso, a radiação não constitui uma ameaça.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.