Resende substitui Armando Marques

Apesar de não ter comparecido à sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o presidente da entidade, Ricardo Teixeira, que estava de licença, reassumiu hoje seu cargo. O primeiro ato de Teixeira foi o de nomear o ex-juiz Edson Resende de Freitas para a presidência da comissão de arbitragem, substituindo Armando Marques, que foi acusado de coação pelo juiz Alfredo Santos Loebling.Interinamente, o cargo de presidente da comissão estava sendo ocupado pelo diretor do Departamento Técnico da CBF, Virgílio Elísio Costa Neto, que havia sido nomeado na sexta-feira.

Agencia Estado,

21 de janeiro de 2002 | 17h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.