André Lucas Almeida/Futura Press
André Lucas Almeida/Futura Press

Reserva de Ceni, Denis passará por cirurgia e deve parar por 6 meses

Intensidade das dores no ombro direito aumenta e goleiro do São Paulo precisará de intervenção cirúrgica para corrigir lesão no local

GONÇALO JUNIOR, O Estado de S. Paulo

23 de fevereiro de 2015 | 11h30

O goleiro Denis, reserva de Rogério Ceni no gol do São Paulo, será submetido a uma cirurgia para corrigir uma lesão no ombro direito. O prazo de recuperação é de seis meses. Ele vinha sentindo dores no local e elas aumentaram nos últimos dias. Mesmo assim, vinha treinando e sendo relacionado para os jogos. Na quinta rodada do Campeonato Paulista, Denis foi titular na vitória por 5 a 0 sobre o Bragantino. O goleiro Rogério Ceni foi poupado por causa de dores musculares.

A cirurgia de Denis cria um problema no gol do São Paulo. O período de recuperação do goleiro reserva coincide com o prazo de encerramento do contrato de Ceni - o mês de agosto -, quando o titular deverá se aposentar.

"O Denis vem há alguns dias se queixando dor ombro direito. É uma queixa comum para goleiros. Aguardamos a melhorar, mas a coisa passou a evoluir. O momento é difícil para o goleiro, não pode ser enfiado goela abaixo. É fazer ele entender que a cirurgia é necessária para a sequência da vida dele de goleiro. Ele foi avaliado por especialista de ombro. Fizemos ele entender da necessidade neste momento da intervenção, apesar de ainda conseguir participar dos treinos", explicou o médico do São Paulo, José Sanchez.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCDenis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.