Ed Sykes/Reuters
Ed Sykes/Reuters

Com grande atuação de reserva, Everton derrota o Chelsea

Naismith marca os três da equipe em vitória sobre time de Mourinho

Estadão Conteúdo

12 de setembro de 2015 | 11h05

A coisa não está nada boa para José Mourinho. Com apenas uma vitória em cinco rodadas do Campeonato Inglês, o Chelsea conheceu neste sábado sua terceira derrota. Jogando fora de casa, em Liverpool, levou 3 a 1 do Everton de Roberto Martínez. Steven Naismith saiu do banco logo aos 9 minutos de partida para fazer os três gols do time vitorioso.

Com apenas quatro pontos, o Chelsea briga contra o rebaixamento e já vê os líderes muito à frente. O Manchester City, se vencer na rodada, chega a 15 pontos e abre 11 para o rival londrino. Em cinco rodadas, o time de Mourinho já perdeu as mesmas três vezes do que em toda a temporada passada, quando foi campeão.

Neste sábado, a história do jogo começou a ser traçada quando o volante sérvio Muhamed Besic sentiu lesão e precisou ser substituído. Naismith entrou e abriu o placar aos 16 minutos, de cabeça. Cinco minutos depois, ele arriscou de fora da área e fez 2 a 0 para o Everton. Nemanja Matic descontou num golaço aos 36, num chute de longe que pegou o goleiro Tim Howard adiantado e entrou no ângulo.

Quando quis mudar o Chelsea, Mourinho escolheu mandar a campo o jovem brasileiro Kenedy, ex-Flu, no lugar de Obi Mikel. Depois, tirou do banco Falcão Garcia e Willian, nos lugares dos espanhóis Fàbregas e Pedro. Mas quem voltou a marcar foi mesmo o escocês Naismith, que bateu na saída de Begovic aos 36 do segundo tempo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.