José Patrício/AE
José Patrício/AE

Reservas corintianos querem aproveitar chance de jogar neste domingo

Tite escalará jogadores que não estão atuando na maior parte dos confrontos em 2011

AE, Agência Estado

14 de abril de 2011 | 21h12

SÃO PAULO - A escalação do time reserva do Corinthians para enfrentar o Santo André no domingo, na última rodada da fase de classificação do Campeonato Paulista, é vista por boa parte dos corintianos que entrarão em campo no ABC paulista como uma grande chance de provar algo à diretoria.

De um lado estão os jogadores que querem agarrar a chance para mostrar que a diretoria acerta em tê-los no elenco. "Vamos encarar o jogo como se fosse uma decisão", garantiu o volante Nenê Bonilha, de 19 anos, que fará sua estreia. "Vim lesionado, então fiquei um período só treinando. Mas isso me ajudou bastante. Consegui me recuperar bem e agora tenho a oportunidade de ir para o jogo e fazer o melhor que eu posso", disse o jovem, contratado junto ao Paulista de Jundiaí em março.

Paulo André vive situação parecida. Ele não joga desde outubro do ano passado, quando uma tendinite crônica no joelho esquerdo o tirou de combate. Após cirurgia e recuperação, ele quer buscar espaço e agradecer a confiança da diretoria. "É uma partida importante para ser visto como opção para a fase final do Paulista, até porque todos querem jogar. Fico feliz com o respaldo da diretoria. Sei que me aguardaram no inicio do ano para a Libertadores e Paulista, mas não consegui voltar. Agora, quero corresponder para eles ficarem confiantes", afirmou o jogador.

Na outra ponta estão jogadores na corda bamba do elenco. Moacir, por exemplo, tem contrato só até o final do ano, perdeu o posto de reserva da lateral direita para Moradei e vê a diretoria correr atrás de Weldinho. Precisa mostrar serviço para continuar no grupo. Edno, que tem tido inclusive chances no time titular, ainda não marcou na temporada e quer encerrar o jejum para seguir tendo chances.

Para o confronto no Estádio Bruno José Daniel, o Corinthians deve entrar em campo com: Rafael Santos; Moacir, Wallace, Paulo André e Marcelo Oliveira; Moradei, Nenê Bonilha, Ramirez e Bruno César; William e Edno.

Veja também:

linkLula aposta em sucesso de Adriano

som Bruno César comemora chance na equipe titular

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.