Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Reservas culpam falta de ritmo por atuação sem brilho no Palmeiras

Gabriel Jesus é uma das poucas referências na equipe de suplentes

PAULO FAVERO, O Estado de S. Paulo

08 Março 2015 | 10h17

O time misto do Palmeiras conseguiu um bom resultado na noite de sábado, ao vencer o Bragantino por 1 a 0, pelo Campeonato Paulista, mas os jogadores culparam a falta de ritmo pela atuação sem muito brilho. O técnico Oswaldo de Oliveira escalou apenas Fernando Prass e Zé Roberto dos atletas considerados titulares. O zagueiro Victor Ramos, por exemplo, fez sua primeira partida como titular. "Acho que o grupo foi bem. Quem entrou, correspondeu. Eu estava precisando jogar e fiquei muito feliz com a vitória", explicou.

Um das reclamações dos palmeirenses foi a retranca do Bragantino, que se posicionou com dez homens atrás da linha do meio de campo e dificultou a criação das jogadas. "O adversário ficou totalmente atrás", lamentou o lateral-esquerdo João Paulo, ciente de que a falta de ritmo atrapalhou um pouco. "O time que entrou não vinha jogando, acho que até por isso fomos bem."

O experiente Zé Roberto, por exemplo, foi um que demorou a se encaixar. Ele vinha atuando como lateral-esquerdo, mas contra o Bragantino jogou no meio, após a lesão de Amaral. "É interessante, temos de estar à disposição. Fazia tempo que não jogava nessa posição, mas é minha de origem e o importante é ajudar", comentou o atleta, que como de costume, correu bastante e achou que o time foi muito afoito no primeiro tempo.

Mas depois que engrenou, Zé Roberto foi o jogador mais perigoso do Palmeiras e deu piques aos 40 minutos do segundo tempo. Toda essa jovialidade rendeu elogios do treinador. "Falar sobre o Zé é redundante. Poderia ter jogado mais se tivesse com um time mais entrosado. Isso dificultou. É um jogador que eu admiro muito. Ele é o carteiro do rei: sempre dá o endereço certo", brincou.

Mais conteúdo sobre:
futebol Paulistão Palmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.