Reservas da seleção treinam no gramado e titulares fazem trabalho regenerativo

O elenco da seleção brasileira foi dividido em dois grupos nesta sexta-feira, um dia após a vitória de virada sobre a França, por 3 a 1, em amistoso disputado em Paris. Os reservas voltaram ao palco da partida, o Stade de France, para um treino em campo reduzido, enquanto os titulares fizeram apenas trabalho regenerativo.

Estadão Conteúdo

27 Março 2015 | 17h46

A exceção foi o goleiro Jefferson, que treinou com os companheiros de posição, Diego Alves e Marcelo Grohe, no Stade de France. O preparador de goleiros Taffarel comandou as atividades.

O grupo presente no gramado também contou com Fabinho, Gabriel Paulista, Gil, Marcelo, Souza, Fernandinho, Douglas Costa, Philippe Coutinho, Robinho e Luiz Adriano. Eles participaram de treino em campo reduzido sob o comando de Dunga e do auxiliar técnico Andrey Lopes.

Longe do gramado, os 10 titulares da linha - Danilo, Thiago Silva, Miranda, Filipe Luís, Luiz Gustavo, Elias, Oscar, Willian, Neymar e Roberto Firmino - fizeram trabalho regenerativo na piscina em clima descontraído, ainda no embalo da boa vitória sobre os franceses.

Depois das atividades, a delegação brasileira embarca às 21h45 (18h45 de Brasília) para Londres, onde a seleção fará amistoso com o Chile, domingo, no Emirates Stadium, às 15 horas (11 horas de Brasília).

Mais conteúdo sobre:
futebol seleção brasileira treino

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.