Reservas do Flamengo têm chance de mostrar serviço

Kleberson e Diego Tardelli terão mais uma chance contra o Resende na 1.ª rodada da Taça Rio

Agência Estado

29 de fevereiro de 2008 | 18h22

Eis a chance dos reservas do Flamengo mostrarem serviço. Já classificado para as finais do Campeonato Carioca por conta do título da Taça Guanabara, a Taça Rio está completamente em segundo plano e deverá ser disputada inteiramente por reservas e jogadores encostados. No treino desta sexta-feira, em preparação para a estréia do returno estadual, contra o Resende, domingo, apenas um titular absoluto foi à campo, o goleiro Bruno. O meia Kleberson e o atacante Diego Tardelli, que têm sido utilizados pelo técnico Joel Santana tanto como titulares como saindo do banco, terão mais uma vez oportunidade de defenderem uma posição entre os 11 preferidos do treinador. Eles devem começar a partida contra o Resende. Obina, que disputa posição com Tardelli, ganhará chance igual e formará dupla com o ex-são-paulino. BRIGA CONTRA ALTITUDEMarcio Braga foi recebido em Zurique, nesta quinta-feira, pelo presidente da Fifa, Joseph Blatter, para discutir o problema dos jogos em elevadas altitudes. O Flamengo ainda tenta evitar a viagem a Cuzco, no Peru, onde deverá enfrentar o Cienciano pela Libertadores. Segundo a assessoria do clube, Blatter se mostrou solidário à causa do time carioca e irá intervir junto à Confederação Sul-Americana.

Tudo o que sabemos sobre:
FlamengoEstdual do Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.