Reservas do Inter vencem Avaí e garantem invencibilidade

Utilizando apenas três titulares no decorrer dos 90 minutos, o Internacional venceu o Avaí por 2 a 1, neste domingo, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. O time gaúcho alcançou 12 pontos, manteve a liderança isolada do Campeonato Brasileiro e sustentou o aproveitamento de 100%.

CARLOS ROLLSING, Agencia Estado

31 de maio de 2009 | 20h45

Os gols colorados foram marcados pelos atacantes Talles Cunha e Alecsandro. O Avaí descontou com Lima, em cobrança de pênalti, vazando a defesa colorada pela primeira vez na competição.

Mesmo recheado de suplentes, os comandados de Tite iniciaram o jogo com mais intensidade e posse de bola. O placar não demorou a ser inaugurado. Aos 15 minutos de jogo, Andrezinho cobrou falta e Giuliano desviou de cabeça, servindo ao jovem atacante Talles Cunha, que bateu forte, sem possibilidade de defesa para Eduardo Martini.

Depois disso, a equipe catarinense buscou o ataque com mais insistência e o confronto ficou mais franco. Os dois times tiveram oportunidades, mas todas foram desperdiçadas.

O Avaí começou o segundo tempo fazendo pressão em busca do gol de empate. Aos 10, a expulsão do volante Maycon dava indícios de que o Inter seria sufocado. Logo no lance seguinte, os catarinenses quase marcaram em cobrança de escanteio.

Porém, um minuto depois, o árbitro apresentou o cartão vermelho para Émerson. A igualdade numérica de jogadores em campo devolveu o controle das ações ao Inter. Aos 15 minutos, Kléber avançou pela esquerda e cruzou rasteiro. Alecsandro fechou como centroavante e ampliou o placar.

Na próxima rodada, as duas equipes jogam no domingo. O Inter vai à Belo Horizonte encarar o Cruzeiro, no Mineirão, enquanto o Avaí receberá o São Paulo, na Ressacada.

Ficha Técnica:

Internacional 2 x 1 Avaí

Inter - Lauro, Danilo, Sorondo, Danny Morais, Kléber; Maicon, Glaydson, Giuliano, Andrezinho (Marcelo Cordeiro); Alecsandro (Leandrão), Talles Cunha (Sandro). Técnico: Tite.

Avaí - Eduardo Martini, Ferdinando, André Turatto, Émerson, Uendel; Marcus Vinícius, Bruno (Rafael), Caio (Luis Ricardo), Marquinhos; Evando (Lima), Muriqui. Técnico: Silas.

Gols - Tales Cunha, aos 15 minutos do primeiro tempo. Alecsandro, aos 15, e Lima, aos 42 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Kléber, Danilo e Sandro (Internacional); Bruno (Avaí).

Cartões vermelhos - Maycon (Internacional) e Émerson (Avaí).

Árbitro - Nielson Nogueira Dias (PE).

Renda - Não disponível.

Público - 14.471 pagantes.

Local - Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, (RS).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.