José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Restam sete mil ingressos para jogo entre Brasil e Chile em São Paulo

Partida acontecerá no Allianz Parque, casa do Palmeiras, no dia 9 de outubro

Marcio Dolzan, Estadão Conteúdo

02 Outubro 2017 | 20h34

Faltando pouco mais de uma semana para o último jogo do Brasil pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018, que será na Rússia, restam apenas sete mil ingressos para a partida marcada para o estádio Allianz Parque, em São Paulo, contra o Chile. No total, 42.217 bilhetes foram colocados à venda na arena do Palmeiras.

+ Convocado pela 1ª vez, Arthur avisa: 'Se surgir uma brecha, espero estar'

+ Jorge diz realizar sonho, mas reconhece que vaga na Copa de 2018 é difícil

O preço é salgado: o ingresso mais barato está sendo vendido a R$ 250 (quem tem direito à meia-entrada paga R$ 125), enquanto que o mais caro sai a R$ 650 (vaga em camarote). Os setores com preços mais altos incluem apresentações de artistas como Thiaguinho.

A boa procura por ingressos surpreende. Já classificado para o Mundial do próximo ano e garantido em primeiro lugar nas Eliminatórias, o Brasil teve dificuldades em levar público na última partida disputada em casa. No mês passado, apenas 37 mil torcedores pagaram ingresso para assistir a vitória sobre o Equador, na Arena Grêmio, em Porto Alegre.

O número é um pouco maior do que o vendido até agora para a partida contra o Chile, mas é preciso levar em conta a quantidade de ingressos colocados à venda nas duas partidas. Contra o Equador, grandes clarões puderam ser vistos na Arena Grêmio, que tem capacidade para receber 55 mil pessoas. Na semana do jogo, restavam ainda 20 mil bilhetes à venda, sendo que apenas 10% deles acabaram sendo vendidos. Agora, restam apenas sete mil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.