Wilton Junior/Estadão e Urab Kurtsikidze/EFE
Wilton Junior/Estadão e Urab Kurtsikidze/EFE

Resumo da Copa do Mundo 2018: Vitória do Brasil e choro de Neymar marcam o nono dia

Seleção brasileira derrota a Costa Rica e depende apenas de si para se classificar e argentinos comemoram a vitória nigeriana estão entre os principais assuntos do dia

O Estado de S.Paulo

22 Junho 2018 | 17h55

O nono dia da Copa do Mundo da Rússia teve como destaque a primeira vitória do Brasil no Mundial, uma virada nos minutos finais de Suíça x Sérvia e a Nigéria derrotando a Islândia e dando mais esperança para a Argentina se manter viva no Mundial. Após o jogo, Neymar fez desabafo e os brasileiros tiveram que fazer contas para saber o que é preciso para o time nacional não cair na primeira fase e protagonizar um vexame histórico. O fato curioso do dia é a agência antidoping dos EUA pedindo exames nos jogadores da seleção russa, após a Rússia vencer Arábia Saudita e Egito. Os resultados dos jogos de hoje (sexta-feira) foram: Brasil 2 x 0 Costa Rica, Nigéria 2 x 0 Islândia e Sérvia 1 x 2 Suíça. 

+ Polícia detém camisas da Colômbia contaminadas com cocaína

+ Tite faz brincadeira após tombo em gol do Brasil sobre a Costa Rica

+ Imprensa britânica critica Neymar: 'Mimado, resmungão, dramático e trapaceiro'

Enfim, Brasil vence e respira

Apontada como favorita ao título da Copa do Mundo, a seleção brasileira sofreu, mas conseguiu arrancar a primeira vitória na Rússia nos acréscimos do segundo tempo. Com um gol de Philippe Coutinho, o seu segundo na competição, e outro de Neymar, a equipe derrotou a Costa Rica por 2 a 0, na Arena Zenit, em São Petersburgo. O resultado serviu de inspiração para mais uma sequência de memes sobre o time brasileiro. Ao final da partida, os torcedores deram um exemplo e recolheram os lixos do estádio de São Petersburgo.

Saiba o que precisa acontecer para o Brasil se classificar às oitavas de final

Após a vitória da seleção brasileira sobre a Costa Rica as chances de classificação do time brasileiro para as oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia aumentaram. Se tropeçar diante dos sérvios, dependerá do resultado entre Suíça e Costa Rica para avançar. Se for eliminada na primeira fase, a seleção brasileira irá repetir um vexame histórico que não acontece há 52 anos.

O desabafo de Neymar

Neymar usou as redes sociais para desabafar após a vitória sobre a Costa Rica. No Instagram, jogador atacou os críticos e usou até um palavrão para destacar a atuação da seleção. Para alegria do atacante, o gol marcado diante dos costarriquenhos fez com que ele se tornasse o terceiro maior goleador da história da seleção brasileira, com 56 gols, superando Romário.

Primeiro pênalti cancelado pelo VAR

A vitória da seleção brasileira sobre a Costa Rica por 2 a 0 na segunda rodada da fase de grupos da Copa do Mundo, nesta sexta-feira, poderia ter sido mais fácil se não fosse uma decisão do VAR, o árbitro assistente de vídeo, em lance envolvendo o atacante Neymar dentro da área. O árbitro chegou a marcar a penalidade, mas recusou ao analisar as imagens.

Suíça vira e embola o grupo do Brasil

Abandonando de vez a fama de retranqueira, a Suíça foi para o ataque nesta sexta-feira e conquistou suada vitória de virada sobre a Sérvia, por 2 a 1, em Kaliningrado. O resultado deixou embolado o Grupo E, com chances de classificação para as duas equipes e também para a seleção brasileira, que segue na primeira colocação.

Nigéria vence e deixa Argentina com mais esperança

A Nigéria fez a festa de sua torcida e da Argentina ao passar pela Islândia por 2 a 0, resultado que a deixa mais próxima da vaga às oitavas de final e aumenta a esperança do time sul-americano na briga. Com o resultado, os argentinos ainda não depende só de si, mas há mais chances de classificação. A vaga pode ser decidida até em número de cartões ou sorteio

Agência antidoping dos EUA pede testes contra Rússia na Copa

O chefe da agência antidoping dos Estados Unidos (USADA), Travis Tygart, pediu à Fifa nesta sexta-feira, 22, que os jogadores da seleção da Rússia sejam submetidos a exames antidoping após as vitórias contra a Arábia Saudita e o Egito. "O time russo deve passar por testes agressivos para garantir a confiança do público na integridade da Copa do Mundo", disse Tygart em entrevista ao jornal britânico The Telegraph.

Copa do Mundo AO VIVO

Acompanhe aqui outras notícias sobre o Mundial na Rússia minuto a minuto.

 

 
 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.