RESUMO ESPORTIVO - Fim de semana teve títulos na Europa, basquete e vôlei, strip, seleção e gols

Bayern conquista o Alemão; Sport fatura o LBF e o Unilever ganha a Superliga. Brasil bate Bolívia e Vucinic tira short após gol

Fábio Hecico, O Estado de S. Paulo

08 de abril de 2013 | 08h29

SÃO PAULO - Primeiro campeão da Europa, seleção em campo, títulos no basquete e no tênis. Quartas de final do Paulista praticamente definidas, reabertura em grande estilo da Fonte Nova, gol de Kaká, jogador tirando calção para comemorar gol... Ufa! O fim de semana foi recheado de boas disputas. A começar pela seleção brasileira que finalmente conheceu sua primeira vitória sobre o comando de Luiz Felipe Scolari. Com jogadores que atuam apenas no País, o esquadrão verde-amarelo passou pela frágil Bolívia em Santa Cruz de la Sierra com goleada. O jogo com caráter beneficente para angariar fundos para a família do jovem torcedor do San José, Kevin Spada, morto em partida da Libertadores diante do Corinthians, terminou com triunfo brasileiro por 4 a 0, com gols de Leandro Damião, Leandro e Neymar (2).

Felipão saiu satisfeito e rasgou elogios para muitos jogadores, casos de Jean, Rever, Damião e os já tarimbados Neymar e Ronaldinho. Em maio, o treinador apresenta sua lista de jogadores para a Copa das Confederações.

BAIANO

A reinauguração da Fonte Nova, terceiro estádio pronto para a Copa das Confederações e Mundial, aconteceu em grande estilo. Festa bonita, mais de 40 mil pessoas para ver o Ba-Vi e gols, muitos gols. Melhor para a parte rubro-negro da Bahia, já que o Vitória atropelou o rival Bahia, com goleada implacável por 5 a 1. O resultado gerou a demissão do técnico Jorginho.

PAULISTÃO

O Campeonato Paulista conheceu neste fim de semana mais dois integrantes para as quartas de final: Corinthians e Palmeiras. E a Ponte Preta, última invicta, sentiu o gosto da derrota pela primeira vez. Na volta de Gilson Kleina ao Moisés Lucarelli, para enfrentar seu ex-time, o Palmeiras tinha uma série de desfalques e era apontado como presa fácil. Mas jogou com garra, venceu por 2 a 1 e carimbou seu passaporte. No Pacaembu, sem oito titulares, o Corinthians não apresentou um bom futebol, mas bateu o São Bernardo por 2 a 0 e também se classificou. São Paulo, Ponte Preta, Mogi Mirim, Santos, Corinthians e Palmeiras estão garantidos nas quartas. Para fechar o G-8, a briga está acirrada entre Botafogo, Penapolense, Linense e Bragantino.

SÃO PAULO

Um dia após enfrentar a ira de sua torcida, o São Paulo fez 3 a 1 no Botafogo e abriu quatro pontos na liderança do Paulistão. No sábado, os torcedores são-paulinos deram uma demonstração de que estão indignados com o time, ainda mais com possibilidade de queda na primeira fase da Libertadores após os 2 a 1 sofridos para o The Strongest. Cerca de 80 torcedores foram ao CT da Barra Funda para atacar dirigentes, o técnico Ney Franco e os jogadores. Só pouparam o goleiro Rogério Ceni. O atacante Luis Fabiano, o presidente Juvenal Juvêncio e o diretor de futebol Adalberto Batista foram os mais hostilizados.

CARIOCÃO

A Taça Rio conheceu no sábado seu primeiro classificado às semifinais, o Fluminense. E, de quebra, a confirmação da eliminação precoce do Flamengo. Os Rubro-negros deram adeus com tropeço diante do Duque de Caxias. O empate que veio aos 47 do segundo tempo foi inútil. O time reclamou muito de um gol dado pelo árbitro e depois invalidado. Acusaram de interferência via tevê.

O Tricolor se garantiu ao quebrar a série de vitórias do Resende com triunfo por 2 a 0. Festa para Rhayner, que desencantou após dois anos ou 83 jogos sem ir às redes e preocupação com Fred, com lesão no joelho. Assim como o Flamengo, o Vasco viu suas chances acabarem com os 3 a 0 do Botafogo sobre o Olaria. Mesmo ganhando do Friburguense, primeira vitória sob o comando de Paulo Autuori, o cruzmaltino está eliminado.

MINEIRO

O Campeonato Mineiro limitou-se a dois times, os gigantes Cruzeiro (líder com 25 pontos) e Atlético (segundo, com 24). Acostumados a vencer no Estadual, desta vez eles foram além e golearam. O Cruzeiro mandou 4 a 1 no América e o Galo fez 4 a 0 no Boa Esporte

GAÚCHO

Em Porto Alegre, placares econômicos para os grandes. O Grêmio foi para as quartas com 1 a 0 sobre o Cerâmica e o já classificado Inter perdeu para o Veranópolis também por 1 a 0. Ambos estão confirmados, mas veem Passo Fundo e Juventude na liderança de seus grupos.

CAMPEONATO ALEMÃO

O Bayern de Munique é o primeiro campeão da Europa. A 23ª taça da Bundesliga veio com seis rodadas de antecedência após vitória magra sobre o Eintracht, em Frankfurt, gol de letra do astro alemão Schweinsteiger.

CAMPEONATO ESPANHOL

Bem perto de erguer a taça está o imbatível Barcelona na Espanha. Na volta do lateral Abidal aos campos, um ano após ter sido submetido a um transplante de fígado, goleada por 5 a 0 sobre o Mallorca, com três gols de Fábregas e outros dois de Sanchez. São 13 pontos de vantagem sobre o arquirrival Real Madrid. E a goleada veio sem Messi, tratando de uma lesão muscular para estar em campo quarta-feira, diante do PSG, pelas quartas da Copa dos Campeões.

KAKÁ

O brasileiro Kaká mostrou ao técnico José Mourinho, mais uma vez, que mesmo sendo pouco aproveitado ele está trabalhando sério no Real Madrid. O meia fez um dos gols do time misto – alguns titulares foram poupados para o jogo contra o Galatasaray, terça – na goleada sobre o Levante por 5 a 1, com três gols nos sete minutos finais.

CAMPEONATO ITALIANO

Comemorar tirando a camisa é algo comum no futebol. Vucinic, autor dos dois gols da vitória da líder Juventus sobre o Pescara, por 2 a 1, inovou nesse sentido. O meia resolveu tirar o calção e rodá-lo sobre a cabeça para festejar mais uma vitória no time. Um rápido strip-tease em Turim para muita gente. A diferença da Juventus para o Napoli permanece em nove pontos. Isso pelo fato de os napolitanos terem batido o Genoa por 2 a 0.

CAMPEONATO INGLÊS

O jogo mais interessante do Campeonato Inglês ficou para esta segunda-feira: o clássico de Manchester entre United e City, os dois primeiros colocados. Em terceiro aparece o Chelsea, que fez 2 a 1 no Sunderland e superou o Totenham, que ficou no 2 a 2 com o Everton.

BASQUETE

A Liga de Basquete Feminino conheceu no sábado pela manhã sua campeã. O Sport é o primeiro time do Nordeste a ganhar a taça da competição, com campanha perfeita. Sem conhecer derrotas no torneio, o Rubro-negro pernambucano fez a festa no ginásio da Ilha do Retiro, com nova vitória sobre Americana, desta vez por 62 a 57. Foi um prêmio para quem se organizou e não teve medo de investir. Os pernambucanos fizeram projeto audacioso no basquete, contratando grandes jogadoras, como Érika, Adrianinha, Jucielle, Palmira e o técnico Luiz Zanon, que agora também comandará a seleção brasileira feminina.

TEM CAMPEÃ NO VÔLEI

Numa virada incrível, o Unilever, do Rio, conquistou seu oitavo título da Superliga diante do favorito Sollys Nestlé, de Osasco. Depois de perder os dois primeiros sets no Ginásio do Ibirapuera, por 25/22, 25/19, a equipe de Bernardinho e da veterana Fofão, de 43 anos, virou com parciais de 25/20, 25/15 e 15/9.

TÊNIS

O fim de semana foi de duelos emocionantes pelas quartas de final da Copa Davis. A Argentina ganhou por 3 a 2 dos favoritos franceses em Buenos Aires. A Sérvia, com Novak Djokovic decidindo o confronto com os EUA, fechou a série também em 3 a 2. Argentinos e sérvios fazem a quarta semifinal nos últimos cinco anos. A República Checa teve menos dificuldades diante do Casaquistão. Apesar de ter perdido nas duplas, fechou em 3 a 1, mesmo placar do triunfo canadense sobre a Itália.

FÓRMULA INDY

O brasileiro Hélio Castroneves é o líder do Mundial de Fórmula Indy. Mas mais uma vez termina uma corrida frustrado. Como na abertura da temporada, ele novamente foi quem mais liderou voltas. No fim do GP do Alabama, na pista de Barber, no entanto, perdeu a liderança para o pole-position e atual campeão, o norte-americano Ryan Hunter-Reay, e também para o neozelandês Scott Dixon.

CURLING

A Suécia acabou com a hegemonia do Canadá no Mundial de Curling na casa do adversário. A seleção escandinava ganhou a decisão em Victoria por 8 a 6 e impediu o tetracampeonato seguido dos canadenses.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.