Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Retomada no Brasileirão consolida espaço de novas 'peças-chave' do São Paulo

Marcos Guilherme, Militão, Sidão, Petros e Arboleda vivem grande fase no time do Morumbi

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

01 Novembro 2017 | 07h00

Apesar da arrancada no Brasileirão, o São Paulo ainda está a cinco pontos da zona de rebaixamento, na 11.ª posição, e trata como prioridade absoluta a conquista dos 47 pontos que livram o time da queda. Em meio ao sufoco, Dorival Junior vai firmando seus titulares e consolidando um time “ideal”, em busca de entrosamento na equipe que foi montada aos poucos, durante a atual temporada.

Bruno Alves forma dupla de zaga com Rodrigo Caio em treino do São Paulo

As mudanças e testes no elenco nos últimos meses fizeram alguns jogadores consolidarem seus espaços no time ao lado de nomes inquestionáveis, como Hernanes, Cueva e Lucas Pratto, enquanto outros acabaram perdendo a chance de se firmarem. Nos últimos dois jogos do São Paulo (vitórias sobre Flamengo e Santos), a escalação foi a mesma: Sidão; Militão, Rodrigo Caio, Arboleda e Edimar; Jucilei; Hernanes, Petros, Marcos Guilherme e Cueva; Lucas Pratto.

Marcos Guilherme é um dos destaques entre os que ganharam espaço. O atacante que chegou ao Morumbi em julho é peça fundamental na retomada do São Paulo. Marcou cinco gols em quinze partidas. Quem também cresceu foi Éder Militão. Zagueiro de origem, formado na base, foi utilizado como volante e se consolidou na lateral-direita do time de Dorival, se destacando nos desarmes e na marcação.

Trazidos como reforços no meio do ano, Petros e Arboleda também se firmaram rapidamente no time titular do São Paulo depois de uma sequência de boas exibições. Aos olhos da torcida, o equatoriano virou até “Arbolenda”, enquanto o brasileiro ganhou confiança pela postura combativa diante dos adversários.

 

Outro jogador que soube aproveitar a nova oportunidade como titular foi Sidão. Ele salvou o São Paulo em diversas partidas com defesas difíceis, fazendo até a diretoria colocar um pé no freio na busca por um goleiro para assumir a posição na próxima temporada.

Entre os jogadores que perderam espaço no time depois de uma sequência de atuações abaixo do esperado como titulares, os casos mais recentes são Lucas Fernandes e Júnior Tavares. Também voltaram para o banco de reservas e têm pouca chance de voltaram à equipe titular Marcinho, Buffarini e Renan Ribeiro.

Mais conteúdo sobre:
São Paulo Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.