Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Retomar o poder fora de casa é a meta do Palmeiras contra o São Caetano

Melhor visitante do Brasileiro, equipe de Felipão tenta resgatar o bom desempenho

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

27 de janeiro de 2019 | 04h30

O Palmeiras quer reativar no Anacleto Campanella, neste domingo, às 19h, uma das principais forças do time na última temporada. Contra o São Caetano, pelo Campeonato Paulista, a equipe do técnico Luiz Felipe Scolari vai em busca de retomar o poderio como visitante, atributo que foi decisivo para a conquista do Campeonato Brasileiro do ano passado.

Na campanha do título nacional, o Palmeiras foi o melhor visitante. O aproveitamento de 52% foi o mais alto entre os clubes e representou um fator decisivo para garantir a conquista. A defesa forte e a eficiência em contra-ataques fundamentais para o sucesso longe do Allianz Parque.

Disposto a repetir os pontos fortes de 2018, o Palmeiras tentará mostrar em São Caetano um futebol melhor. Felipão disse não ter gostado da atuação do time na quarta-feira, na vitória de 1 a 0 sobre o Botafogo, assim como o desempenho como visitante na estreia, contra o Red Bull Brasil, ficou abaixo no empate em 1 a 1.

O time foi lento em Campinas e não conseguiu aproveitar as chances mesmo quando o adversário tentou levar perigo e deu espaço. "É normal termos início de ano não muito bom. Temos poucos dias de treinos intensivos para podermos ter pernas para correr em situação de qualidade. Isso vai levar mais uns dias", explicou Felipão.

Em 2018 o Palmeiras chegou a ter no começo do ano 83% de aproveitamento fora de casa. Nos 14 primeiros compromissos longe da arena, foram 11 vitórias, dois empates e só uma derrota. A marca se estendeu até mesmo para a Copa Libertadores. A equipe fez história ao ganhar cinco dos seis compromissos fora do Brasil.

O intuito do Palmeiras é repetir a performance, até porque manteve todo o elenco da última temporada. "Nós jogamos contra duas equipes qualificadas, independentemente de serem consideradas menores ou não. A gente não jogou bem (contra o Botafogo), mas isso não é só por demérito do Palmeiras", disse o meia Gustavo Scarpa. 

A tendência é Felipão escalar no ABC Paulista novamente uma formação bastante diferente. Da lista de inscritos no Campeonato Paulista, resta testar três jogadores: o goleiro Jailson, o volante Jean e o meia Moisés. É provável que alguns deles enfrentem o São Caetano para poder ganhar ritmo.

A partida marca a semana prévia ao primeiro clássico do ano, contra o Corinthians, no Allianz Parque, no próximo sábado. Antes do dérbi a equipe terá pela frente o Oeste, em Barueri, na quarta-feira, mas o encontro com o rival já começa a chamar a atenção.

SÃO CAETANO

Enquanto o Palmeiras vai mexer na formação, o São Caetano aposta na manutenção. A equipe deve ser bem parecida à da última rodada. O técnico Pintado ainda não venceu. Foram dois empates.

FICHA TÉCNICA

SÃO CAETANO X PALMEIRAS

SÃO CAETANO: Jacsson; Alex Reinaldo, Joécio, Max e Marquinhos; Pablo, Vinícius Kiss, G. Biteco, Cristian e Capa; Bruno Mezenga. Técnico: Pintado.

PALMEIRAS: Jailson (Weverton); Mayke, Gómez, Luan e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Moisés e Lucas Lima; Carlos Eduardo, Felipe Pires e Borja. Técnico: Luiz Felipe Scolari. 

Juiz: Vinícius Dias de Araújo

Local: Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul

Horário: 19h

Na TV: Pay-per-view

Para Entender

Guia do Paulistão 2019: tudo o que você precisa saber sobre a competição

Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo vão iniciar competição com menos de três semanas de pré-temporada

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.