Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Retorno de Gabriel Jesus anima Palmeiras para jogo com o Fluminense

Campeão olímpico reforça líder do Brasileiro para jogo em Brasília

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

28 de agosto de 2016 | 07h00

O retorno de Gabriel Jesus é a principal fonte de confiança do Palmeiras para enfrentar o Fluminense neste domingo, em Brasília, às 16h. Se em seis jogos sem o atacante o líder do Campeonato Brasileiro não perdeu a ponta, a aposta é que a volta do artilheiro da competição com dez gols represente um poderio ainda maior para se manter na frente.

O jogador voltou da conquista da inédita medalha de ouro da seleção olímpica já vendido ao Manchester City, mas sem ter mudado de comprometimento. Segundo o técnico Cuca, o atacante de 19 anos demonstrou muita vontade na volta aos treinos, apesar de saber que a partir de janeiro estará em outro clube. "Ele tem a cabeça muito boa. Conversamos sobre isso. O Gabriel está concentrado no Palmeiras, treina forte e não me preocupa", comentou.

Sem o atacante o Palmeiras teve desempenho regular durante os Jogos do Rio. Foram duas vitórias, dois empates e mais duas derrotas. O retrospecto não tirou o time da liderança, embora os concorrentes tenham se aproximado.

Somente dez pontos separam o Palmeiras do 10.º lugar, a Chapecoense. A distância para o vice-líder, Atlético-MG, são de apenas dois pontos, com um confronto direto em Belo Horizonte nas rodadas finais. 

Para aliviar a pressão por esse equilíbrio, o Palmeiras se tranquiliza pelas circunstâncias do jogo em Brasília. Fora o retorno do artilheiro e a volta do zagueiro Mina, recuperado de lesão, a equipe aposta no estádio com torcida mista. "Quando você tem o mando do adversário, com a torcida toda contra, é uma dificuldade a mais. Em Brasília jogamos com o Flamengo com o estádio dividido, e ganhamos", disse Cuca.

A equipe dona do melhor ataque do Brasileiro viajou à capital com indefinição no meio-campo. Thiago Santos está suspenso pelo terceiro amarelo e Cuca não definiu o substituto. Arouca e Mateus Sales disputam a vaga. O time deve ter uma dupla de volantes, mais Moisés como armador.

APROXIMAÇÃO

O Fluminense está nove pontos atrás do Palmeiras, mas por ter um jogo a menos, pode ficar somente a seis de distância do líder em caso de vitória. O time está quatro jogos sem perder, com três vitórias e um empate.

Além do técnico Levir Culpi, o time carioca terá em campo outros ex-palmeirenses, como o goleiro Diego Cavalieri, o zagueiro Henrique, o lateral William Matheus e o atacante Henrique Dourado.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE X PALMEIRAS

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Douglas e Cícero; Gustavo Scarpa, Marcos Júnior e Wellington; Henrique Dourado. Técnico: Levir Culpi.

PALMEIRAS: Jailson; Jean, Mina, Vitor Hugo e Zé Roberto; Arouca (Mateus Sales), Tchê-Tchê e Moisés; Gabriel Jesus, Dudu e Róger Guedes (Érik). Técnico: Cuca

Juiz: Ricardo Ribeiro (MG)

Horário: 16h

Local: Mané Garrincha

Na TV: Globo

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.