Retorno do meia Nenê motiva o Vasco para a partida contra o embalado Náutico

Foi na ausência de Nenê que o Vasco perdeu a invencibilidade de 34 jogos. Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o jogador, grande responsável pelo período sem derrotas do clube, desfalcou a equipe contra o Atlético Goianiense e retorna para dar novo ânimo ao time nesta terça-feira diante do Náutico, às 19h15, no estádio de São Januário, no Rio. O jogo é válido pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Thiago Rabelo, especial para a AE, Estadão Conteúdo

14 de junho de 2016 | 07h40

Apesar de ainda ser líder com 19 pontos, o time já não tem mais folga na ponta, já que possui a mesma pontuação do Atlético - leva vantagem apenas no saldo de gols - e tem apenas dois à frente do Bahia, terceiro colocado. O Náutico vem na sequência, em quarto, com 16.

Entre os 34 jogos de invencibilidade, Nenê só não disputou uma partida. Foi contra o Friburguense, em fevereiro, quando a equipe ficou apenas no empate por 2 a 2, em São Januário, pelo Campeonato Carioca. No total, foram 25 vitórias e nove empates desde o dia 8 de novembro, quando iniciou a série com o triunfo sobre o Palmeiras por 2 a 0.

No último treinamento antes da partida, o camisa 10 deu um susto na torcida ao se queixar de dores no tornozelo, problema que não o afastará do jogo. Com o retorno de Nenê, Yago Pikachu volta a figurar no banco de reservas e a ser opção para o segundo tempo. No ataque, Leandrão, mesmo com a atuação ruim no fim de semana, deve permanecer como titular. Ainda com a seleção uruguaia, o goleiro Martin Silva deve ficar à disposição para o jogo contra o Paysandu no sábado.

Se o Vasco tem a volta de Nenê, o Náutico conta com o retorno de Ronny, Mateus Muller e Gastón Filgueira, todos suspensos pelo terceiro cartão amarelo na goleada sobre o Paraná por 5 a 1. Com quatro vitórias e um empate nos últimos cinco jogos, o time pernambucano tem a atual melhor série positiva da Série B. E também o melhor ataque, com 18 gols.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.