Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Reunião define conselho do Santos

A diretoria do Santos estuda as futuras contratações e dispensas para próxima temporada e evita ao máximo contato com a imprensa para não revelar quais os planos para 2002. Os dirigentes procuram um novo técnico, numa lista encabeçada por Oswaldo de Oliveira, e querem resolver isso antes de decidir pela dispensa de Cabralzinho.Outra proocupação é a montagem da direção para o próximo biênio. A chapa Rumo Certo, do presidente Marcelo Teixeira, ganhou as eleições para o Conselho Deliberativo, reunido nesta segunda-feira à noite para escolher o presidente do órgão. O construtor José da Costa Teixeira é o mais cotado para assumir o cargo.Definido o Conselho, será a vez da diretoria executiva. Marcelo Teixeira continuará no cargo, mas ainda não escolheu seus companheiros, especialmente o vice-presidente e o diretor de futebol. A posse está prevista para o início de janeiro. Até lá, a Deloitte Touche Toumatsu, empresa contratada pelo clube para auditar as contas da atual gestão, estará concluindo seu trabalho.Essa empresa já havia atuado no Santos, na época em que era discutida a parceria com a Cie-Octagon-Kock Tavares. Quanto ao time, as definições começam a acontecer a partir de quarta-feira.Os santistas querem Paulo Angione para gerenciar o departamento de futebol profissional e Oswaldo de Oliveira como técnico. Ao mesmo tempo, as especulações em relação aos jogadores começam a surgir: Oséas e Paulo Isidoro, do Cruzeiro, estariam se transferindo para a Vila Belmiro, enquanto o clube de Minas Gerais teria interesse em Elano e Léo. A diretoria santista desmente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.