Divulgação
Divulgação

Reunião garante conclusão do Gaúcho em campo e volta com Gre-Nal em Caxias do Sul

Principal clássico do estado não poderia ser disputado em cidades como Porto Alegre e Novo Hamburgo

Redação, Estadão Conteúdo

18 de julho de 2020 | 21h23

A possibilidade de cancelamento da sequência do Campeonato Gaúcho está descartada. Neste sábado, em reunião por videoconferência ente os 12 clubes participantes do torneio e o presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Luciano Hocsman, foi reiterada a intenção de terminar a competição, paralisada em março por causa do surto do coronavírus, dentro de campo.

O Gaúcho ainda tem três rodadas a serem disputadas no segundo turno, além de semifinal e final dessa fase. E se o campeão não for o Caxias, que faturou o turno inicial, terá uma decisão. A volta da competição, como definido anteriormente, será na próxima quarta-feira.

"No fim da tarde deste sábado, a FGF realizou nova videoconferência com os clubes que disputam o Gauchão Ipiranga 2020. Na reunião, foram alinhadas questões referentes à retomada da competição. Os dirigentes reiteraram a intenção de terminar o campeonato dentro de campo", afirmou a FGF em publicação no seu perfil no Twitter.

A reunião, portanto, serviu para discutir temas como sedes e datas da sequência do campeonato. Entre eles, o clássico entre Internacional e Grêmio, agendado para a próxima quarta-feira, em Caxias do Sul, no Estádio Centenário, a partir das 21h30.

O Gre-Nal estava previsto inicialmente para ser disputado no Beira-Rio, o que se tornou inviável por causa do veto da Prefeitura de Porto Alegre à realização de eventos esportivos na cidade. Novo Hamburgo também era vista como alternativa, mas também não há permissão das autoridades públicas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.