Reunião nesta quinta pode definir demissão de Gilson Kleina do Palmeiras

Após vexatória derrota por 6 a 2 para o Mirassol, diretoria vai conversar sobre futuro do técnico

Daniel Batista, Agência Estado

27 de março de 2013 | 23h09

SÃO PAULO - O técnico

Ao ser questionado se ficaria no cargo após a derrota, o treinador mostrou-se incomodado com a situação. "Não sei e não sou eu que tenho de resolver isso. Todos tem de entender a situação. Não isento minha culpa nesta derrota e a decisão cabe à diretoria agora. Foi um desastre, uma fatalidade, mas vamos nos reerguer e trabalhar muito".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.