Marcelo Cortes / Flamengo
Marcelo Cortes / Flamengo

Revelação do último Brasileirão, Michael é oficializado pelo Flamengo

Atacante deixa o Goiás para assinar contrato de cinco anos com a nova equipe após transferência de mais de R$ 30 milhões

Redação, Estadão Conteúdo

20 de janeiro de 2020 | 13h44

Revelação do último Campeonato Brasileiro, o atacante Michael foi enfim oficializado pelo Flamengo nesta segunda-feira. Terceiro reforço do clube carioca para a temporada 2020, o ex-jogador do Goiás, cobiçado por Palmeiras e Corinthians, assinou contrato de cinco anos com o Fla.

Ao ser anunciado nas redes sociais do clube, Michael foi chamado de "Jogador Raiz" sob uma música de funk, num clipe com seus lances com a camisa do Goiás, onde fez história e teve uma trajetória de superação. "Estou muito feliz por ser oficializado como atleta do Flamengo. Estou muito motivado e espero retribuir todo o carinho dessa Nação e dar muitas alegrias", disse o atacante, que tem passagens ainda por Monte Cristo (GO), Goiânia (GO) e Goianésia (GO).

Michael será apresentado nesta terça-feira, às 15h15, no Ninho do Urubu. Sua estreia, contudo, ainda não tem data definida. É provável que ganhe sua primeira chance no time principal no dia 16 de fevereiro, na Supercopa do Brasil, contra o Athletico-PR, em Brasília. O Fla estreou no Campeonato Carioca, no fim de semana, com o time sub-20.

O grupo principal está de férias porque disputou o Mundial de Clubes no fim do ano, no Catar. A final, contra o Liverpool, foi disputada no dia 21 de dezembro.

Sem confirmar os valores da negociação, o Flamengo deve pagar 7,5 milhões de euros (cerca de R$ 34,5 milhões) ao Goiás para adquirir 80% dos direitos econômicos do jogador. Antes de confirmar Michael, o clube contratou o atacante Pedro Rocha e o zagueiro Gustavo Henrique. O atacante Pedro e o volante Thiago Maia estão perto de serem anunciados, nos próximos dias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.