Cesar Greco/ SE Palmeiras
Cesar Greco/ SE Palmeiras

Revelado no Coritiba, Zé Rafael prevê dificuldades ao Palmeiras no Couto Pereira

Líder do Campeonato Brasileiro não costuma obter bons resultados quando enfrenta rival na capital paranaense

Redação, Estadão Conteúdo

10 de junho de 2022 | 18h46

Quatro vitórias e um empate nos últimos cinco jogos conduziram o Palmeiras à liderança isolada do Brasileirão, com 19 pontos. Com competições de mata-mata pela frente, a ideia é adquirir uma gordura na competição antes de virar a chave para Libertadores e Copa do Brasil. Revelado no Coritiba, porém, o meia Zé Rafael prevê muitas dificuldades para o time no Couto Pereira, domingo.

Melhor mandante do Brasileirão, o time paranaense está invicto no estádio e perdeu seus primeiros pontos em casa no 1 a 1 com o São Paulo, quinta-feira. Apoiado pela torcida, costuma endurecer para os rivais e Zé Rafael pede atenção, apesar do discurso otimista.

"Jogar no Couto (Pereira) é sempre muito difícil. A equipe do Coritiba é bem montada, tem bons jogadores e está bem no campeonato", alerta Zé Rafael. "Mas nós vamos trabalhar esses dois dias que a gente ainda tem para chegar lá, fazer um grande jogo e voltar com um grande resultado porque precisamos pontuar também fora de casa."

Quando fala em pontuar fora, não significa que o Palmeiras está mal como visitante. Ao contrário. Depois de empates com Goiás e Flamengo, o time emplacou duas vitórias seguidas, contra Juventude e Santos.

"Eu acho que a nossa mentalidade está muito forte. A gente tem se preparado todos os dias e para todas as competições. A gente sabe que o Brasileiro é um campeonato longo e que a gente precisa pontuar ao máximo agora para chegar lá na frente e ter, quem sabe, uma gordurinha para queimar nas horas das decisões", diz Zé Rafael. "E, da mesma forma, esses jogos intensos do Brasileiro servem também como preparação para os mata-matas que teremos pela Copa do Brasil e Libertadores. Então, nossa equipe tem evoluído e buscando essa constância para chegar lá na frente e colher os frutos que a gente tanto almeja."

Por fim, Zé Rafael festeja o entrosamento dos mais experientes com os jovens do elenco que aos poucos vão se destacando no time.

"É legal demais essa troca com os meninos. Fico feliz em ajudá-los com algumas dicas, com algum posicionamento. E eles também, em alguns pontos, me ajudam. Então, essa troca de experiências é muito boa", enfatiza. "Eles são muito jovens, mas estão sempre querendo aprender coisas novas e evoluir. Temos tudo para seguirmos crescendo muito e espero que possamos continuar nesta sequência boa e conquistar ainda mais títulos pelo Palmeiras."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.