Alberto Haliasz/Arquivo Estadão
Alberto Haliasz/Arquivo Estadão

Revista francesa escolhe a Bombonera como o estádio mais vibrante do mundo

Na 10ª posição, Maracanã é único representante brasileiro de listagem feita com 30 praças esportivas

Redação, O Estado de S.Paulo

02 de junho de 2020 | 18h38

A revista francesa France Football, uma das mais conceituadas do mundo, publicou nesta terça-feira um ranking curioso sobre os estádios de futebol pelo mundo. Em uma lista com 30 locais de jogo em diferentes países, a publicação escolheu quais deles são os mais vibrantes. O ganhador foi o tradicional palco argentino de La Bombonera, em Buenos Aires, casa do Boca Juniors.

Na lista de 30 nomes somente uma das praças esportivas fica no Brasil: o Maracanã foi lembrado e está na 10ª posição. A revista definiu o ranking de acordo com critérios subjetivos, porém deixou de lado no levantamento as arenas mais modernas da Europa, a exemplo das casas recém-inauguradas de Tottenham e Atlético de Madrid. Também ficaram fora locais como o Camp Nou, do Barcelona, e o Santiago Bernabéu, do Real Madrid, por se tratarem de equipes muito badaladas.

A preferência dos organizadores do levantamento foi por variar a distribuição geográfica dos estádios e incluir locais que estejam distantes dos grandes centros. Por isso, campos de jogo na Turquia, Grécia, África e América do Sul ganharam destaque. Nos dez primeiros lugares, fora a Bombonera e o Maracanã, o Monumental de Nuñez, do River Plate, também marca presença.

Confira a lista dos dez primeiros colocados:

1 - Bombonera, Boca Juniors (Argentina)

2 - Anfield, Liverpool (Inglaterra)

3 - Signal Iduna Park, Borussia Dortmund (Alemanha)

4 - Estádio Rajko-Mitic, Estrela Vermelha (Sérvia)

5 - Celtic Park, Celtic (Escócia)

6 - Monumental de Nuñez, River Plate (Argentina)

7 - Besiktas Stadium, Besiktas (Turquia)

8 - Georgios Karaiskakis, Olympiacos (Grécia)

9 - San Mamés, Athletic Bilbao (Espanha)

10 - Maracanã, Flamengo/Fluminense (Brasil)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.