Rhayner fica na Ponte Preta e volante Renato Augusto vai para o Figueirense

Em uma semana de folga na tabela, além do trabalho diário e de aprimoramento, fora de campo a diretoria da Ponte Preta continua se mexendo para acertar o elenco para o Campeonato Brasileiro. Enquanto o volante Renato Augusto, vinculado ao Palmeiras, deve ser repassado ao Figueirense, o meia Rhayner deve cumprir o seu contrato de empréstimo até dezembro.

Estadão Conteúdo

18 de maio de 2016 | 20h06

Rhayner atuou 11 vezes e foi criticado por não ter marcado nenhum gol. Mas sempre foi elogiado pela sua disposição e importância tática. Além disso, negou os boatos de que estaria negociando com o Vitória.

Com relação à Renato Augusto, ele não se encaixa dentro do perfil do técnico Eduardo Baptista, que pediu à direção volantes que "tenham bom passe e saiam para o jogo". Por conta disso, Jonas também está treinando à parte, considerado apenas marcador.

Em meio a tudo isso, Eduardo Baptista voltou aos trabalhos nesta quarta-feira no CT do Jardim Eulina, em Campinas. Na parte aberta à imprensa, ele sinalizou que manterá o meia Ravanelli como titular, com Cristian no banco. Thiago Galhardo ainda depende da regularização.

A Ponte Preta volta a campo pelo Brasileirão neste sábado, às 16 horas, contra o Palmeiras, em casa, pela segunda rodada. Três mil ingressos serão destinados à torcida visitante ao preço de R$ 100 a inteira e R$ 50 a meia. Para a torcida local serão destinados 12 mil bilhetes, incluindo a cota do programa "sócio torcedor".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.