Washington Alves/Light Press
Washington Alves/Light Press

Riascos é apresentado no Cruzeiro e mira a Copa Libertadores

Atacante colombiano estava no futebol do México, onde ficou famoso por desperdiçar pênalti decisivo contra o Atlético-MG, em 2013

Estadão Conteúdo

20 de janeiro de 2015 | 12h04

Recém-contratado pelo Cruzeiro, o atacante Duvier Riascos assinou contrato por três anos e foi apresentado oficialmente nesta terça-feira. O colombiano disse chegar motivado ao clube para voltar a disputar a Copa Libertadores, torneio em que ficou marcado por um pênalti perdido diante do Atlético Mineiro nas quartas de final de 2013, quando ainda atuava pelo mexicano Tijuana. E ele aproveitou a sua apresentação para detalhar suas características.

"Muita habilidade, gosto muito de gol, sou um jogador muito forte. Corro muito em campo. Com Tijuana, fiz uma boa campanha na Libertadores. Não classificamos com Morelia, mas tenho boa experiência em Libertadores. Quero jogar com muito amor e empenho. Temos de mostrar o que queremos para as equipes grandes no começo", disse.

Riascos, que veio do mexicano Morelia, garantiu que logo poderá ficar à disposição do técnico Marcelo Oliveira, mesmo que tenha se apresentado após o início da pré-temporada do Cruzeiro. 

"Agora estou trabalhando todos os dias. Terminei com Morelia ao final de novembro. Estava na Colômbia trabalhando. O grupo do Cruzeiro começou em janeiro, tenho de trabalhar duro para ficar como meus companheiros", completou.

O novo reforço cruzeirense também festejou que a sua primeira oportunidade de atuar no Brasil seja em um dos principais clubes do futebol brasileiro. "Para mim foi muito bonita a proposta do Cruzeiro, porque é um dos maiores clubes do Brasil. Fico muito contente com essa oportunidade, quero trabalhar todos os dias muito forte e ajudar o Cruzeiro nas conquistas do ano. Sempre vou me entregar ao máximo" disse.

Tudo o que sabemos sobre:
mercado da bolafutebolCruzeiroRiascos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.