Ribeirão Preto vê duelo de craques com Palmeiras e São Paulo

Equipes se enfrentam neste domingo para continuar entre os quatro primeiros do Campeonato Paulista

Daniel Akstein Batista e Giuliano Villa Nova, O Estado de S. Paulo

15 de março de 2008 | 16h29

 Ernesto Rodrigues/AE e J. F. Diorio/AE Valdívia é a estrela pelo lado do Palmeiras; Adriano se recupera e é a esperança do São PauloRIBEIRÃO PRETO - Entre todos os clássicos do futebol brasileiro, poucos reúnem tantas estrelas quanto o duelo entre Palmeiras e São Paulo. Se o lado alviverde apresenta destaques como o goleiro Marcos e os meias Diego Souza e Valdívia, o time tricolor não fica atrás, com o capitão Rogério Ceni, o lateral Jorge Wagner e o centroavante Adriano. Na briga direta pela classificação à semifinal do Campeonato Paulista, as duas equipes colocam suas estrelas frente a frente neste domingo, às 16 horas, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto - o duelo terá transmissão do estadao.com.br.   Veja também:  Classificação Resultados e jogos da rodada   O Palmeiras terá o retorno de seus principais jogadores. Valdivia, Marcos e Diego Souza cumpriram suspensão na última rodada e estão prontos para enfrentar o São Paulo. E uma vitória é fundamental para as pretensões do time de chegar à semifinal. O time alviverde está há sete jogos invicto no Estadual, com 25 pontos - 1 a menos que o rival.   Um dos elencos mais estrelados - e caros - no Brasil é justamente o do Palmeiras. A começar pelo banco de reservas, que conta com Luxemburgo e Denilson. Em campo, a contratação mais cara (Diego S  Palmeiras Marcos; Élder Granja, Gustavo, Henrique e Leandro; Wendel, Léo Lima, Diego Souza e Valdivia, Kléber e Alex Mineiro Técnico: Vanderlei Luxemburgo  São Paulo Rogério Ceni; Zé Luís, André Dias e Juninho; Joilson, Hernanes, Richarlyson, Carlos Alberto (Júnior) e Jorge Wagner; Borges e Adriano Técnico: Muricy Ramalho Árbitro: Flávio Rodrigues GuerraEstádio: Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP)Horário: 16 horasRádio: Eldorado/ESPN - AM 700 KhzTV: Globo e Bandeirantesouza, cerca de R$ 10 milhões) e outros atletas que chegaram com status de craque, como o zagueiro Henrique e o atacante Kléber. "Essa coisa de time badalado é muito relativo. São os momentos da equipe", diz Luxemburgo.   Os desfalques devem dificultar o trabalho dos são-paulinos, que não contarão com o zagueiro Miranda e o atacante Dagoberto, suspensos. Mas o técnico Muricy Ramalho aposta no poder de superação de seu time. "O Palmeiras vive um momento melhor, mas numa partida como esta é hora de os jogadores mostrarem mais vontade", opina Muricy. "E o maior conhecimento do treinador sobre o seu elenco também faz diferença", lembra o treinador, há mais de dois anos à frente do time.   Contra a instabilidade da equipe, que ainda não apresentou um futebol convincente, apesar de ter jogadores de peso, Muricy confia na boa fase do atacante Borges. "Ele é goleador, um dos melhores do Brasil", elogia. Os 28.500 ingressos para o jogo já foram vendidos.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasSão Paulo FCPaulistão A-1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.