Ribery conduz Bayern na virada sobre o Wolfsburg

Franck Ribery marcou o seu primeiro gol na atual temporada do Campeonato Alemão para ajudar o Bayern de Munique a se recuperar de uma desvantagem de 2 x 0 para vencer o Wolfsburg por 4 x 2, neste sábado, numa virada de tirar o fôlego. O Bayern deu dois gols de presente para o Wolfsburg antes que Ribery, que vem recuperando sua condição física lentamente depois que rompeu os ligamentos do tornozelo, em junho, partisse numa arrancada de longa distância para diminuir a diferença pouco antes do intervalo. Mark van Bommel marcou de cabeça o gol de empate, Tim Borowski fez 3 x 2 e Bastian Schweinsteiger fechou o placar. O Bayer Leverkusen lidera o campeonato com 18 pontos após sua vitória em casa por 2 x 0 em cima do Cologne, na sexta-feira. O Hamburgo, agora em segundo com 17 pontos, pode reaver a liderança no domingo se derrotar o terceiro colocado Hoffenheim. O Werder Bremen, que assim como o Bayern tem enfrentado dificuldades para disputar a Liga dos Campeões e o Alemão nesta temporada, ficou mais para trás ao empatar em 1 x 1 com o Hanover 96 e agora está em oitavo lugar com 13 pontos. O Bayern esteve tão mal na defesa que parecia dar as boas-vindas ao seu antigo técnico Felix Magath, agora no comando do Wolfsburg. Mesmo tendo maior posse de bola no primeiro tempo, o time de Juergen Klinsmann permitiu que o Wolfsburg saísse na frente pouco antes do intervalo. Martin Demichelis fez falta em Edin Dzeko no limite da área e o árbitro marcou pênalti, que o ex-atacante do São Paulo, Grafite, converteu. Dois minutos depois, o Wolfsburg ampliou a vantagem quando o japonês Makoto Hasebe cruzou para Dzeko, que estava livre de marcação, fazer de cabeça superando Michael Rensing. O momento da virada aconteceu com o gol de Ribery. O meio-campista francês, em sua terceira participação no Alemão nesta temporada desde que se recuperou da contusão, cortou para dentro da área e chutou de esquerda para dar esperança ao Bayern. Klinsmann, que sabia que não adiantava se concentrar na defesa, lançou mão do meio-campista Borowski e tirou o defensor Massimo Oddo no segundo tempo. Ele foi recompensado quando Van Bommel marcou de cabeça numa bola perdida e empatou a partida depois que o chute de Miroslav Klose fora rebatido. De repente, o Bayern estava jogando com sua costumeira confiança e com gols de Borowski e Schweinsteiger selou sua terceira vitória consecutiva no Alemão e Liga dos Campeões. "Eu tenho de cumprimentar o time", disse Klinsmann aos repórteres. "Eles tiveram de trabalhar muito para virar essa partida."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.