Arquivo/AE
Arquivo/AE

Ribery diz que, se não ficar em Bayern, vai para a Espanha

Francês levará em consideração aspectos financeiros, esportivos e familiares para decidir seu futuro no clube

EFE,

24 de março de 2010 | 11h11

O meia francês Franck Ribery, que joga no Bayern de Munique, continua indeciso quanto ao seu futuro, que, segundo disse, será definido em algumas semanas.

No entanto, em declarações ao jornal Sport Bild, ele disse que, se não ficar no clube alemão, jogará na Espanha, seja no Real Madrid ou no Barcelona.

"Se não decidir ficar no Bayern, com certeza vou para a Espanha", afirmou o jogador, que já descartou sua ida para o Chelsea, "embora, com certeza, este seja um grande clube".

Ribery afirmou ainda que sua base de negociação será um contrato de cinco anos e que, em sua decisão final, levará em conta aspectos financeiros, esportivos e também familiares, já que quer que sua mulher, Wahiba, o acompanhe para onde for.

"Wahiba é uma mulher do sul. Precisa de sol. E aqui chove e até neva", acrescentou o francês, que se apressou em dizer ao Sport Bild que isso não significa que o casal não se sinta bem em Munique.

"Mas também não é uma questão de mentir ao bolso. O Real e o Barcelona estão, junto com o Manchester e o Chelsea, acima de todos os outros", declarou Ribery.

"De qualquer maneira, não pensarei apenas na conta bancária, mas nas melhores perspectivas para mim", afirmou, insistindo que só tem três opções: "Barcelona, Real Madrid ou (...) o Bayern".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.