Axel Schmidt/Reuters
Axel Schmidt/Reuters

Ribery volta a treinar no Bayern após 45 dias de afastamento

Francês ficou longe dos gramados por conta de lesão no joelho esquerdo

Estadão Conteúdo

15 Novembro 2017 | 17h10

O meia francês Franck Ribery voltou a treinar nesta quarta-feira com o restante do elenco do Bayern de Munique após se recuperar de uma lesão no joelho esquerdo sofrida no empate por 2 a 2 diante do Hertha Berlin, no início de outubro, em jogo da sétima rodada do Campeonato Alemão.

+ Após ficar fora da Copa de 2018, Itália demite o técnico Gian Piero Ventura

No entanto, o jogador de 34 anos ainda não deverá atuar no próximo sábado, quando o Bayern enfrenta o Augsburg, na Allianz Arena, pela 12.ª rodada do torneio nacional. "No jogo contra o Augsburg no sábado é provavelmente muito cedo para ele voltar, mas o seu envolvimento (na sessão de treinos) foi um passo importante para o seu retorno", diz um comunicado no site oficial do clube alemão.

Ribery está no Bayern de Munique desde a temporada 2007 - foi contratado após duas temporadas pelo Olympique, de Marselha - e atualmente também negocia a renovação do seu contrato com a equipe bávara. O jogador também fez parte da seleção francesa entre os anos de 2006 (foi vice-campeão mundial na Copa da Alemanha) e 2014, quando anunciou a aposentadoria do time nacional.

Outro jogador a retomar os treinos nesta quarta no Bayern de Munique foi o lateral-esquerdo espanhol Juan Bernat, de 24 anos, que sofreu uma lesão no tornozelo ainda durante a pré-temporada da equipe, mas que revelou estar em condições de atuar na próxima rodada do Alemão.

"Talvez, possa fazer parte da próxima partida. Me sinto bem. Ainda tenho uma pequena dor, mas isso é normal depois de três meses e meio. Acho que tenho cerca de 90% (chances de atuar no próximo jogo)", avaliou o jogador.

O Bayern lidera o Campeonato Alemão, com 26 pontos, quatro à frente do RB Leipzig, segundo colocado na tabela. Na Liga dos Campeões, a equipe de Munique ocupa a segunda posição no Grupo B, com nove pontos, três atrás do Paris Saint-Germain, líder da chave.

Mais conteúdo sobre:
Franck Ribery Bayern de Munique

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.